Voluntariado na África do Sul: um programa para quem adora desafios

Se para alguns a África do Sul é apenas um destino de turismo exótico pelas paisagens naturais e safáris, para outros o país é o destino para aprender inglês e realizar trabalho voluntário em projetos que envolvam ações sociais, turismo sustentável e conservação da vida selvagem.

De acordo com as Relações Publicas do Turismo na África do Sul no Brasil, um dos programas de voluntariado que mais se destacam no país é o trabalho com animais. Além de existir várias reservas e parques que aceitam voluntários para ajudar no cotidiano dos bichos, outros fatores contribuem para que o intercâmbio esteja em alta, como o rand, a moeda local, que vale aproximadamente um quarto do real. O primeiro passo para o projeto é escolher o projeto e separar a documentação para a matrícula, nos processos mais comuns são requeridos currículo, carta de intenção e formulário com informações pessoais do estudante contendo se o curso de inglês é antes ou depois doe concluir o trabalho voluntário.

Importante lembrar que o trabalho voluntário é permitido apenas para estudantes com idade superior a 18 anos e também para aqueles que tomaram a vacina contra a febre amarela dez dias antes da viagem. É recomendável que o estudante compre a moeda local ainda no Brasil e que tenha em mãos uma carta com todas as informações do seu intercâmbio para o caso de ter de justificar a imigração do país o motivo da viagem.

Uma dica de um brasileiro que trabalhou por seis meses no Lion Park, em Joanesburgo: “O meu conselho para quem está pensando em ser voluntário lá é: vá com a cabeça aberta para novas experiências. O contato que tive com os animais foi uma oportunidade que eu jamais teria em outro lugar. O país é muito receptivo e a alegria está sempre no sorriso de cada uma daquelas pessoas.”

 

385668_3135005825483_1574940212_32165201_1008307307_n

 

Para saber maiores informações entre em contato com a gente pelo telefone: (31) 3244-5000

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta